eyeright-arrowbag-shoppingballon-iconbarra-codebox-iconcard-iconenvelope-iconorders-icontruckuser-iconblogfacebookinstagramtwitter

Tratamento para Pele

Tratamento para Pele

11 produtos encontrados
11 produtos encontrados

Tratamento de pele para gatos 

 

Uma doença de pele em gatos, por mais simples e comum que seja em alguns casos, sempre traz uma série de desconfortos para o pet, como coceiras e ardência. 


Em busca de alívio muitos bichanos podem lamber, esfregar ou coçar os locais afetados, o que leva ao surgimento de lesões e feridas que agravam sua condição. 

 

Por isso, é muito importante tutor que você esteja sempre atento. Escove os pelos do seu pet com regularidade e aproveite o momento para dar aquela inspecionada na pele dele. 

 

Caso note marcas avermelhadas, perda de pelos, mau cheiro, feridas, pele grossa ou crostas, caroços, ou que o pet anda coçando e lambendo além do normal, leve-o ao veterinário. 

 

Quanto antes o tratamento de pele para gatos começar, melhor para o pet. 

 

Conte com os melhores produtos e medicamentos para tratamento de pele para gatos a preços imperdíveis na Portal dos Bichos. Confira! 

 

Doença de pele em gatos 

 

Bichanos de todas as idade e raças estão sujeitos a passar pelo transtorno de ter uma doença de pele em gatos. 

 

Os problemas de pele que acometem os felinos de estimação podem ter origem tanto em fatores externos, como parasitas, falta de higiene e lesões de brigas, como internos, derivados de baixa imunidade, infecções por bactérias, alergias e problemas hormonais, entre outros. 

 

Existem ainda os fatores emocionais, como o estresse. 

 

Em qualquer caso, associar o uso de um remédio homeopático para gatos ao tratamento de pele para gatos convencional é uma ótima alternativa para otimizar o processo terapêutico do animal. 

 

Estes medicamentos tratam o organismo do bichano como um todo equilibrando mente, corpo e energia.

 

Encontre tudo para gatos na Portal dos Bichos! 

 

Como tratar doenças de pele em gatos? 

 

Para tratar doenças de pele em gatos o primeiro passo é sempre um diagnóstico correto, daí a importância de levar o pet ao veterinário logo que notar os primeiros sintomas. 

 

Dependendo da causa, que pode ser diversa, como fungos, parasitas, bactérias, baixa imunidade e estresse, entre outras, o veterinário poderá receitar shampoos medicinais, antifúngicos, pomadas, comprimidos antiparasitários, loções, vitaminas, e até mesmo antibióticos e corticoides, dependendo do estágio do problema. 

 

Outro motivo bem importante para você ficar ligado e levar seu pet a uma consulta o mais rápido possível, é que algumas doenças dos felinos podem ser transmitidas para a família. 

 

Quais as doenças de pele dos gatos? 

 

Conheça algumas das doenças de pele em gatos mais comuns: 

 

Acne felina - Sua principal característica são pontos pretos que surgem no queixo e lábio inferior do gato, que podem infeccionar, inchar, criar nódulos, espinhas e dar comichão, entre outros sintomas. A causa em geral é o excesso de oleosidade da pele, que pode ser desencadeado por uso de medicamentos, estresse, falta de limpeza dos utensílios do gato, etc. O tratamento pode ser com produtos de uso tópico e remédios via oral caso esteja muito avançada. 

 

Sarna de ouvido - A sarna otodécida ou sarna de ouvido é causada por ácaros que acometem a região dos ouvidos do bichano, provocando coceira intensa e aumento de cera com coloração escura. A coceira intensa pode levar a feridas. Se não tratada de forma correta a sarna de ouvido pode evoluir para otite. 

 

Dermatite por alergia a alimentos - Se o gato for intolerante a algum ingrediente da ração que consome pode apresentar reações alérgicas como queda de pelos, coceira, irritações e manchas avermelhadas na pele e problemas intestinais, entre outros sintomas. O tratamento pode incluir o uso de shampoo medicinal, corticoides e mudanças na dieta. 

 

Dermatite alérgica à picada de pulga (DAPP) - É uma reação que gatos alérgicos manifestam à saliva da pulga quando picados. Basta uma picada para causar coceira, crostas, descamação e feridas na pele. O veterinário pode indicar produtos de uso tópico, associados à corticoides e anti-histamínicos. 

 

Micoses - Provocadas por fungos que se alimentam da pele do animal, os sintomas das micoses podem ser coceira, queda de pelo, irritações, vermelhidão, descamação e formação de crostas na pele do pet. O uso de antimicóticos pode ser indicado, junto à limpeza com produtos veterinários dos locais por onde o pet transita. 

 

Piodermite - A piodermite é uma infecção cutânea provocada pela invasão de bactérias. Seus principais sintomas são alopecia, lesões purulentas e vermelhidão na pele. O tratamento pode envolver a administração de antibióticos e shampoos medicinais. 

 

Esporotricose - Também chamada de fungo da roseira e doença de jardineiro, a esporotricose é uma micose mais comum de aparecer nos gatos que têm acesso a rua. A doença de pele em gatos é provocada por um tipo de fungo que vive na natureza. Seu principal sintoma é o aparecimento de feridas profundas com presença de pus que não cicatrizam, que pode ser acompanhado de queda de pelos e nódulos. Depois de um diagnóstico preciso, o veterinário poderá prescrever o uso de