eyeright-arrowbag-shoppingballon-iconbarra-codebox-iconcard-iconenvelope-iconorders-icontruckuser-iconblogfacebookinstagramtwitter

Colar Elizabetano

Colar Elizabetano

1 produtos encontrados
Colar Elizabetano Furacão Pet Furacão Pet

Colar Elizabetano Furacão Pet Furacão Pet

R$12,90


R$ 12,26 à vista com desconto Boleto - Yapay
ou 1x de R$ 12,90 Sem juros
1 produtos encontrados

Colar Elizabetano 

 

Você provavelmente já deve ter visto algum doguinho ou bichano por aí usando um cone na cabeça, não é mesmo?! Este é o colar elizabetano, um instrumento muito importante no pós-operatório de cães e gatos. 

 

Geralmente feito de plástico ou polipropileno, o colar elizabetano possui formato de funil, com presilhas laterais que você abre na hora de colocar ou tirar do seu amiguinho peludo.

 


 

Mas afinal... Para que serve o cone na cabeça do cachorro? 

 

A função do colar elizabetano é basicamente impedir o cão ou gato de lamber suas feridas. 

 

Lamber é algo muito instintivo para estes animais, pois na natureza sua saliva é o único meio que têm para manterem os ferimentos limpos e acelerar o processo de cicatrização. 

 

No entanto, este hábito os expõe a proliferação de germes e bactérias, o que pode fazer com que os machucados piorem. 

 

Por isso, para evitar possíveis infecções e ainda mais complicações, os veterinários recomendam o uso do colar elizabetano após o pet passar por cirurgias. 

 

Como funciona o colar elizabetano? 

 

O formato de cone do colar elizabetano restringe os movimentos dos animais, inibindo suas tentativas de alcançar a região operada com a boca. 

 

Isso evita lambeduras no corte da cirurgia, ou que pontos e curativos sejam roídos e arrancados. 

 

O colar elizabetano pode parecer bastante incômodo para os pets, mas acredite, esse cuidado especial com a segurança das áreas em cicatrização ajuda muito no processo de recuperação do bichinho de estimação. 

 

E quanto mais rápido o paciente melhorar, mais rápido ele fica livre de usar o cone em volta do pescoço. 

 

O que fazer para o cão não lamber a ferida? 

 

Caso o cão apresente feridas por lamber demais, que necessitem ser isoladas para curarem, o colar elizabetano cachorro pode ser uma alternativa. 

 

Em nosso pet shop online você encontra opções confortáveis e com os melhores preços! 

 

Os cães podem lamber por diversos motivos: hábitos naturais, problemas de pele (por exemplo, dermatites, alergias e irritações causadas por parasitas), cortes cirúrgicos e acidentais, ou até mesmo por questões psicológicas (como tédio e estresse). 

 

Assim, o primeiro passo é consultar um médico veterinário para saber qual a causa da lambedura excessiva do seu cãozinho. Depois da consulta siga corretamente as instruções do profissional sobre a forma e o tempo de uso do colar elizabetano cachorro. 

 

Cuidados extras com o colar elizabetano 

 

Alguns doguinhos podem ficar bem deprimidos com o uso do cone e até mesmo perderem a fome.

 

Por isso, estimule seu peludo a se alimentar e se hidratar durante todo seu processo de melhora. 

 

Como a visão deles ficará limitada neste período é importante evitar movimentos bruscos ao se aproximar do cachorro para não o assustar. Se possível afaste os móveis para que ele desvie de colisões. 

 

Precisou de colar elizabetano? Vem para a Portal dos Bichos! Tudo para cachorro é aqui!